Democratização Jurídica | Inclusão Legal | Content Law      #LawIsCool

Tá indo pro pendura sem saber por quê? Entenda a tradição

No dia 11 de agosto de 1827, o Imperador Dom Pedro I instituiu os primeiros cursos jurídicos no Brasil
Faculdade de Direito da USP, no Largo de São Francisco, por volta de 1880 (Wikimedia Commons, Jean Georges Renouleau
Faculdade de Direito da USP, no Largo de São Francisco, por volta de 1880 (Wikimedia Commons, Jean Georges Renouleau

COMPARTILHE

Da Redação

Todos mundo já ouviu falar do Dia da Pendura, uma tradição que vem do tempo do Império. Mas você sabe por que os advogados comemoram seu dia em 11 de agosto? A escolha não é aleatória. Nessa data, em 1827, o Imperador Dom Pedro I instituiu os primeiros cursos jurídicos no Brasil. Fundados nas cidades de São Paulo e Olinda, esses cursos deram origem, respectivamente, à Faculdade de Direito do Largo de São Francisco , hoje da USP, e à Faculdade de Direito de Olinda, hoje da UFPE.

A tradição tem origem no prestígio de que os advogados desfrutavam já naquela época. No dia 11 de agosto, donos de restaurantes próximos às faculdades convidavam advogados e estudantes para comer por conta da casa. Em retribuição, ao final da refeição, os comensais palestravam para os demais presentes, exibindo seu conhecimento e eloquência.

O pendura

Com o tempo, novos cursos surgiram no país inteiro, a prática se tornou insustentável, e os convites desapareceram. Foi quando os estudantes passaram a ir, ainda assim, aos restaurantes e sair sem pagar, declarando “pendura”.

Mesmo que muitas vezes a tradição de mais de 200 anos tenha sido vista com humor e camaradagem, muitos donos de restaurantes não aceitam o calote, e o caso acaba na polícia. No Brasil, comer em restaurantes e não pagar é crime previsto no artigo 176, do Código Penal.

Hoje, a tradição se transformou e muitos estudantes praticam a “pendura social”. Os estudantes comem, bebem e pagam, mas o valor consumido é distribuídos para instituições beneficentes . Outros promovem arrecadação de agasalhos e doações. Alguns centros acadêmicos combinam a comemoração com os restaurantes antecipadamente, limitando o número de participantes e acertando um desconto antecipado. Mas muitos restaurantes e bares preferem não abrir as portas nesse dia, temendo o prejuízo.

Despendura

Em 2020, durante a pandemia da covid-19, em solidariedade aos estabelecimentos que sofreram com os fechamentos do comércio, estudantes da São Francisco criam o Dia da Despendura.

Foram ao tradicional restaurante Itamarati, na rua José Bonifácio, no centro de São Paulo, e, para evitar que ele fechasse as portas com a crise, mais de 250 pessoas pagaram sem comer. O restaurante acabou fechando as portas em 2021, depois de mais de 80 anos de funcionamento.

+QD

Para a redação do +QD, hoje também é motivo de comemoração. Hoje entra no ar o primeiro portal dedicado à democratização do conteúdo jurídico, focado em content law, movimento que pretende criar uma linguagem legal acessível para todos.

Nossa missão é informar todos os que se interessam pela lei – em sua aplicação ou no resultado disso – para que compreendam todas as camadas do direito, colaborem com a inclusão legal e tomem decisões informadas




COMPARTILHE

Leia também

Receba nossa Newsletter

Negócios, Compliance, Carreira, Legislação. Inscreva-se e receba nosso boletim semanal.

TAGS

NOSSAS REDES

Nosso site utiliza Cookies e tecnologias semelhantes para aprimorar sua experiência de navegação e mostrar anúncios personalizados, conforme nossa Política de Privacidade.