Democratização Jurídica | Inclusão Legal | Content Law      #LawIsCool

Brasil enfrenta momento crucial em jornada rumo ao progresso

A governança transparente é a base para a eficácia das políticas públicas e para a promoção de uma sociedade mais justa
Um dos maiores desafios do país é a necessidade de conciliar o desenvolvimento econômico com a preservação de seu rico patrimônio natural
Um dos maiores desafios do país é conciliar o desenvolvimento econômico com a preservação de seu rico patrimônio natural - Vecstock/Freepik

COMPARTILHE

Desigualdade, violência, falta de segurança, moradia precária, ausência de serviços básicos e educação fragilizada são só alguns dos problemas que o nosso país tem enfrentado há anos e que merecem um olhar cuidadoso, com compromisso sólido e implementação de políticas públicas eficazes e a adoção de boas práticas em todas as esferas da governança.

É fundamental reconhecer que, para construir um futuro mais promissor, é necessário um esforço coordenado e consistente para superar obstáculos históricos e transformar positivamente a realidade brasileira. Para isso, primeiramente, é preciso combater o ódio e unir o país, já que ainda convivemos com as sequelas da polarização política.

Segundo ponto é que reconhecemos ter recursos tecnológicos, políticos e econômicos, porém ainda são insuficientes para enfrentar todos os desafios no Brasil. No entanto percebemos que pós eleição, alguns políticos não trabalham para o coletivo, ou seja, o mandato confiado por meio do voto do povo, na maioria das vezes não cumprem as promessas de campanha.

É claro que esta é uma barreira significativa para o desenvolvimento do país, já que para avançar de maneira sustentável e equitativa, é necessário investir em educação de qualidade, ampliar o acesso a serviços básicos e promover oportunidades igualitárias a todos os cidadãos. Tais políticas não apenas impulsionam o progresso econômico, mas também fortalecem os alicerces de uma sociedade mais justa.

Desafios e oportunidades

Um dos desafios mais críticos que o Brasil enfrenta é a necessidade de conciliar o desenvolvimento econômico com a preservação de seu rico patrimônio natural. Ter políticas públicas que promovam práticas sustentáveis e combatam o desmatamento ilegal, por exemplo, é crucial para garantir a saúde dos ecossistemas e a biodiversidade. A conscientização sobre a importância da preservação ambiental deve ser aliada a medidas concretas para evitar impactos irreversíveis.

As áreas da educação e da saúde também não são diferentes. É uma premissa investir em qualidade educacional e garantir o acesso universal a serviços de saúde com o objetivo de proporcionar oportunidades iguais a todos os brasileiros. A criação de um ambiente propício para o desenvolvimento humano deve ser uma prioridade constante.

Podemos apontar o modelo das políticas educacionais da União Europeia, ajudando a desenvolver planos e sistemas de ensino escolar integral, acompanhando os progressos no sentido da realização das metas no âmbito do Semestre Europeu. A Comissão recolhe e partilha informações e análises e incentiva o intercâmbio em matéria de abordagens e elaboração de políticas públicas educacionais eficientes. 

A adoção de boas práticas de governança é essencial para o sucesso de qualquer nação. A transparência nas ações do governo, a responsabilização por decisões tomadas e o engajamento da sociedade civil contribuem para a construção de uma relação de confiança entre os cidadãos e as instituições. A governança transparente é a base para a eficácia das políticas públicas e para a promoção de uma sociedade mais justa.

O Brasil enfrenta um momento crucial em sua jornada rumo ao progresso. Para superar desafios antigos e emergentes, é imperativo que o país adote políticas públicas bem concebidas e promova boas práticas em todos os níveis. Para que isso aconteça, podemos começar fazendo a nossa parte. 

Ao participar de forma ativa da sociedade civil, contribuímos para a formulação, implementação e avaliação de políticas públicas quando vamos as urnas. No entanto, vale destacar que nosso papel vai muito além das eleições. O processo democrático continua quando acompanhamos, fiscalizamos e eventualmente denunciamos as práticas dos eleitos. Devemos estar atentos e acompanhar a implementação de políticas públicas de qualidade.

Sem dúvida, esse é nosso dever.

COMPARTILHE

Leia também

Receba nossa Newsletter

Negócios, Compliance, Carreira, Legislação. Inscreva-se e receba nosso boletim semanal.

TAGS

NOSSAS REDES

Nosso site utiliza Cookies e tecnologias semelhantes para aprimorar sua experiência de navegação e mostrar anúncios personalizados, conforme nossa Política de Privacidade.